“Por enquanto, Não Imagino Em Me Proporcionar À Política, Apesar de que Às Vezes Me Apetece”

Esta entrevista foi realizada em 2 encontros: o primeiro no café do barcelona hotel Omm, onde o chef você de um cenário para outro, afastando-se das questões. O segundo, o mercado de la Boqueria. Andrés reflete sobre o assunto seu tratado social, a respeito da cozinha espanhola, a respeito da importância do dinheiro, ou sobre isto tua vocação como ator ou como político.

Tem muitas coisas pela cabeça é a razão de tua dispersão? Não, é o inverso. Dou saltos de um recinto para outro e me sinto confortável em diversos. Quem sabe seja morbozo e não o saiba. Se fosse morbozo seria miliardário. Não acho que tenha muita inteligência porém eu decoro cem números e, porém, confundo o nome de meus irmãos. É verdade que me aborreço e me busco diferentes coisas para me manter ocupado.

  • Buemi pra e continua na pista. O próximo nesse Toyota 8, líder da prova, será Alonso
  • 2007: A versão de hidrogênio da série sete fabrica em série de modo limitada
  • Preferido por homens
  • Brinquedos pra animais de estimação
  • Usar instrumentos menores, de um único dígito, (menos de dez membros)
  • A desglobalización da economia
  • Saúde reconhece as necessidades em cuidados paliativos pediátricos
  • quatro Desenvolvimento de produtos e processos

Eu formei o meu universo: de baixo jogava futebol, xadrez, damas, fazia teatro. Antes de ser cozinheiro estava me propondo a fazer arte dramática e hoje eu continuo a entender. Em Santa Coloma de Cervello, onde morávamos, tínhamos um grupo de teatro do povo e chegamos a fazer de tudo: desde “O Fantasma de Canterbury” a “Jesus cristo Superstar”.

o E, ainda hoje, adoraria de ser ator? Sim, eu ainda estou pensando, pelo motivo de eu gosto muito. E de alguma forma alguma coisa faço quando trabalho pela televisão, que não deixa de ser um tanto agir. E a vida também o é.

você Atua muito pela vida? Às vezes você se toca. Você deve colocar a cara de que tudo vai bem, de que você está alegre e se o que você está passando super bem e que algo te interessa muito, quando não é sempre que é dessa forma.

Todos agimos um pouco. E eu acho que não é mau, por causa de somos humanos e a vida hoje se tornou muito mais complicada. Antes, a quantidade de pessoas que alguém era capaz de perceber em sua vida era um número finito e, sem demora, parece que é um número eterno.

Todos agimos um tanto. Você frustra não poder acolher todas as relações pessoais que queria? No momento em que você tele você se apresenta conta de que podes aparecer a muitas pessoas e que, sem o saber, vocês estão mudando a existência ou influenciando o que querem ser maiores.

E isto implica uma responsabilidade brutal. Eu não imagino se as pessoas da televisão, a rádio ou a imprensa é consciente da responsabilidade de tuas palavras. E para mim, isto sim me pesa. Sim, este tipo grandullón que você vê e parece um urso que abrange tudo, assim sim, é sensível. E no término, há momentos em que solta uma lágrima.

Tenho muita empatia e a todo o momento me tem preocupado o que se passava ao meu redor. Você obteve muito dinheiro É uma das grandes fortunas pela gastronomia? Não em tal grau, vivo bem, entretanto não possuo em tal grau dinheiro. Em cada caso, a vida não é dinheiro. É verdade que eu tenho uma organização que tem um valor significativo, porém imediatamente me preocupo em viver, em viajar, em fornecer para as minhas filhas e o dinheiro é uma coisa relativa.

Rolar para cima